Mídias polêmicas

Olá pessoal, de volta com um post bem interessante sobre mídias de alto impacto. No Brasil não estamos acostumados com mídias de forte impacto (a não ser as propagandas no verso dos cigarros, a qual ao meu ver, todo mundo tira sarro), e acho que este tipo de mídia com forte impacto pode sim ajudar e muito na luta por uma causa.

Será que não seria a hora de realmente usar a mídia ao favor das causas importantes quando falamos em prevenção de acidentes de trânsito, campanhas de combate ao fumo e álcool ou ainda as famosas “engraçadas” que vemos pelo uso da camisinha durante o carnaval?

Este tipo de propaganda acima é muito interessante pelo fato de chocar. Este é o objetivo, se a propaganda nos faz refletir sobre alguma idéia, com certeza terá um impacto com um resultado positivo em quem a assiste.

Estes são apenas alguns exemplos de como deveríamos utilizar a mídia a nosso favor e acabamos não utilizando. Não que a idéia de criar propagandas com humor não dêem resultados, mas a idéia de “punição” por ter feito algo errado é muito mais forte do que a idéia de que se vc fez algo errado, se torna motivo de risada e piadinha dos outros…

Mais alguns exemplos abaixo:

Gostaria de saber a opinião de vocês sobre o assunto.

Abraço a todos!

Erick Pereira

Criativos do Marketing.

Anúncios

~ por erickmkt em 22/07/2009.

4 Respostas to “Mídias polêmicas”

  1. Com certeza, o governo paga cotas mensais aos meios de comunicação. Para maior efetividade das ações, concordo com mídias polêmicas !!
    Talvez, no Brasil, não façam tanto efeito, já estamos acostumados a ver atropelamentos, mortes por policiais, traficantes fortemente armados. Tudo isso em horário nobre para nossas crianças.
    Essas mídias nem seriam tão polêmicas, rsrsrsssss
    Abraços !!!

  2. adorei erick ainda mais que pessoas divião com sentiça sobre o cigarro o álcol e o trânsito porque isso não combina etc………..

    beijos erick

  3. Olha a midia ai só falou sobre carros e pessoas que nem se tocão no que estão fazendo ou deixam se levar por “pilha” dos outros na verdade eles deveriam usar outro tipo de propraganda para os menores de idade, pois é nessa época que entram os vicios na vida da pessoa e um menor de idade não tem responsabilidades e faz de tudo mesmo e então ele cresce e continua achando que é tudo igaul que não tem responsabilidades. Deixo minha opinião Sr. Erick, abraço.

  4. Bom pessoal, tudo é relativo! rsrs, desde o inicio do ano o governo federal vêm investindo em propagandas mais marcantes, porém pouco difundidas na praça nacional, podemos encontra-las facilmente em partições públicas resumindo-se a folders e cartazes, que ilustram o prejuízo causado pela mistura de álcool e direção. Devemos analisar o fato de que a indústria de bebidas gera uma grande arrecadação ao país assim possuem um alto poder de barganha com a mídia e governo. Creio, porém que o post não pretende abordar apenas o aspecto “vícios, imprudência e direção” e sim o fato de a propaganda marcar o seu target, algo que podemos perceber em muitas propagandas externas e agressivas cortadas no Brasil pelo CONAR…. Sem duvida assino em baixo, propagandas de efeito visual que apelam ao sentimento, medo, amor, entre outros é capaz de alojar um espaço só seu na mente do “alvo”, difundindo-se. Resta então a nossos amigos do CONAR, “relaxar” ponderar um pouco, e abrir aos braços a propaganda “CRÍTICA / MARCANTE”. Ótimo final de semana a todos………..

    Cuidado com a gripe h1n1, muita coisa está sendo ocultada. “em Lages 3 mortos”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: