Marketing “por direito”

O escorrer das areias do tempo comprovou que não há nada mais eficaz que uma boa estratégia de Marketing. Vender, vender, vender, assim surgiu a era do consumismo onde o lucro prevalecia ao topo das grandes organizações. Hoje a lucratividade encontra-se ameaçada por algo que para todos foi uma surpresa, a alta competitividade do mercado, que mesmo com tantos avisos, “até mesmo de Napoleão Bonaparte¹”, mostrou que não estávamos preparados e nos deparamos com produtos com preço reduzido e altamente competitivo, invadindo nossas praças e a casa de nossos clientes.

sale

Não restou mais nada além de buscar um diferencial como forma de se defender da invasão dos produtos com preço muito reduzido, ou ainda tentar de alguma forma agregar valor ao nosso produto, o qual nem sempre pode ter seu preço reduzido devido aos altos impostos e insumos produtivos relativamente caros. E quando tocamos o fundo do poço, o mundo deu uma grande volta, e o cliente que antes queria apenas preço não quer só isso, ele quer muito mais. Os horizontes apontaram para algo antigo que ficou há muito escondido: a fidelidade, um relacionamento aparentemente íntimo entre “marca, atendimento e cliente”.

Se eu fosse um pouco mais velho poderia dizer: – Lembram do tio Osni que tinha a vendinha na esquina e sabia o nome de todo mundo, o que gostavam, para que time torciam? Pois é, peguei muito pouco dessa maravilhosa época, e é claro o movimento aumentou, as cidades globalizaram-se e hoje precisamos de muito mais que isso. Precisamos de sistemas integrados a um bom atendimento visando ao máximo conhecer o cliente e oferecer nossos produtos e serviços voltados à satisfação do cliente, procurando sempre trazê-lo para nosso lado, evitando perdas financeiras e quedas no faturamento, além de lucrar com o diferencial…

O ser humano está caminhando para o perfil cosmopolita e precisa consumir, comprar, experimentar. E com a mudança no perfil de nossa sociedade atual, é necessário fazer com que estes bens cheguem às mãos destes consumidores, utilizando todas as ferramentas possíveis do marketing, para causar uma boa impressão e uma boa experiência na utilização deste bem. Cabe ao profissional de marketing saber explorar cada cantinho dessa pessoalidade cosmopolita. O mundo não gira mais em torno do lucro e da organização, gira em torno da fidelidade e da repetição de compra. É isso que gera a sustentabilidade e a longevidade empresarial.

“¹ Napoleão em sua invasão ao Rússia espionou a China e disse: – O mundo vai tremer quando este gigante levantar”

Jonathan M. Fernandes

Acadêmico da 8a. fase do curso de Administração com ênfase em Marketing – UNIDAVI (Taió)

Anúncios

~ por erickmkt em 07/08/2009.

5 Respostas to “Marketing “por direito””

  1. Gostaria de parabenizar o aluno Jonathan Fernandes pela contribuição a nosso blog. Isso mostra a qualidade das pessoas que ajudam a construir o conhecimento na área de marketing por aqui. Parabenizo pelo material enviado e enfatizo a todos a importância de se focar no cliente primeiramente, tanto os internos como os externos. Só é possível falar em fidelização quando tivermos esse conceito praticado por todos na organização.
    Parabéns Jonathan!
    Prof. Erick Pereira

  2. Sempre é um prazer conspirar ao favor desta arte milenar chamada marketing, que lenta, porém fortemente ressuscita! Um abraço a todos! Temos festa Regional do Galeto em Taió, hoje show do Armandinho, serão todos bem-vindos!

    PS: Obrigado Erick, até a próxima!

  3. O Marketing estuda o mercado, apontando as características de cada segmento; ressaltando assim, o perfil e os costumes dos consumidores como um ponto crucial no processo de fidelização a marca; ou empresa. No entanto, a satisfação dos clientes com a empresa, é de fundamental importâbcia para a sobrevivência e sucesso da organização.

    Parabéns Érick!
    Até.

  4. Grande jogada, sustentar e manter o contato com o cliente é muito importante, cabe ai um bom atendimento de pós-venda. Isso fazemos muito bem e o Jonathan nos conhece, quem sabe logo manda um de Marketing motociclistico!

  5. Boa tarde, pessoal.

    É tão difícil encontrar artigos com conteúdo centrado e inteligente, sem copias fieis de textos, enumeras vezes mau interpretados por quem os escreveu e os leu.

    Deixo aqui meus parabéns, ao criador e ao aluno Jonathan..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: